domingo, 3 de janeiro de 2010

Subsídio para Lição Bíblica Dominical

Lição 2 - 10 de Janeiro de 2010
O Consolo de Deus em Meio à Aflição

Conceitos extraídos do Dicionário Aurélio

consolo[Do fr. console.] Substantivo masculino.

1.Arquit. Peça saliente na parede de um edifício, destinada a suportar elementos que se projetam, ou a receber vasos, estátuas, plantas, etc.

2.Tipo de mesa de encostar, dotada de pés ornamentais, sendo muitas vezes presa à parede e suportada por uma espécie de cantoneira (de madeira esculpida, de ferro batido, de pedra, etc.).

3.Mús. Nos órgãos, peça móvel onde estão postos os teclados, os registros e a pedaleira. 4.Mús. A parte superior das harpas; modilhão. [Cf. consolo (ô), s. m., e pl. consolos (ô).] aflição[Do lat. afflictione.] Substantivo feminino.

1.Profundo sentimento moral produzido por um revés da fortuna, uma circunstância penosa, etc.; pena, agonia.

2.Estado de grande desalento, de profunda tristeza ou mágoa; desgosto.

3.Grande preocupação ou inquietação; ansiedade, angústia.

4.Padecimento físico; tortura.

Comentários dos textos bíblicos abordados na lição:
2 Coríntios 1.3 (Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação <3874> !)

Deus já sabia que o homem iria precisar desse sentimento chamado misericórdia (atributo comunicável de Deus aos homens), compaixão, ou seja, sentir aflição no lugar de outrem, na psicologia isso se chama, "empatia" que quer dizer se colocar na posição de outra pessoa, ter a capacidade de sentir as dores do próximo! É justamente por Deus saber sobre a necessidade do homem, que Aquele providenciou a consolação. A consolação para que exista ou tenha eficácia, primeiro tem que desencadear um processo de aflição. O Eterno sempre traz um paradoxo, como alguém que está aflito pode estar aliviado ao mesmo tempo?

Em primeiro lugar temos que tomar por base os sofrimentos que Cristo passou e venceu (Jo 16.33).

Em segundo lugar precisamos entender que a pessoa afligida vislumbra o futuro, a melhora, a saída do aperto! (Rm 8.18)

Em terceiro lugar temos alguém muito especial habitando em nós para transmitir nossos pesares a Deus mesmo quando não sabemos nos expressar (Rm 8.26).

Em quarto lugar é justamente por causa desta presença magnífica que é possível esta proeza de estarmos atribulados em algumas situações e ao mesmo tempo com folga, aliviados pelo refrigério acalentador do Santo Espírito (2 Co 4.8,9).

Dicionário Aurélio

empatia[Do ingl. empathy, trad. do al. Einfühlung, a partir do ingl. em- (<>

1.Psicol. Tendência para sentir o que sentiria caso estivesse na situação e circunstâncias experimentadas por outra pessoa.

Consolação com referência ao versículo acima <3874> quer dizer no grego=paraklesis e significa:

1) convocação, aproximação, (esp. para ajuda) 2) importação, súplica, solicitação 3) exortação, admoestação, encorajamento 4) consolação, conforto, solaz; aquilo que proporciona conforto e descanso 4a) portanto, da salvação messiânica (assim os rabinos denominavam o Messias, o consolador, o confortador) 5) discurso persuasivo, palestra estimulante 5a) instrutivo, repreensivo, conciliatório, discurso exortativo poderoso

2 Coríntios 1.4 (É ele que nos conforta <3870> em toda a nossa tribulação , para podermos consolar <3870> os que estiverem em qualquer angústia , com a consolação <3874> com que nós <3870> mesmos somos contemplados <3870> por Deus).

Há uma consolação operada dentro da tribulação que por sua vez é transferida de servo para servo através do Espírito Santo que é o elo de ligação entre os membros do corpo de Cristo "algo em comum a todos os fiéis", ou seja, quando passamos por alguma tribulação somos consolados por Deus e a mesma consolação que recebemos da parte do Altíssimo, é compartilhada com os outros membros de acordo com a instigação do Santo Espírito.

Alguém só pode ser consolado por uma pessoa próxima a ele, pois como haveria conforto eficaz estando esse tal consolador longe, ausente ou sem reconhecer de fato o que a pessoa está realmente passando! Para isso temos a providência de Deus ao enviar o Espírito Santo "o outro Consolador" (cf. João 14.16); ao contrário do que muitos pensam Jesus não está literalmente entre nós, senão pelo seu Espírito Santo que nos foi dado (cf. Romanos 5.5), então quando dizemos que Jesus está entre nós, entendemos que Ele está, sim, pela presença do seu Espírito, logo, concluímos que Deus está assentado no mais alto e sublime trono, seu Filho está a sua direita e o Espírito Santo habita dentro de nós! (cf. Isaías 6.1; Romanos 8.34; João 14.17).

Conforto com referência ao versículo acima <3870> quer dizer no grego=parakaleo e significa:

1) chamar para o (meu) lado, chamar, convocar 2) dirigir-se a, falar a, (recorrer a, apelar para), o que pode ser feito por meio de exortação, solicitação, conforto, instrução, etc. 2a) admoestar, exortar 2b) rogar, solicitar, pedir 2b1) esforçar-se por satisfazer de forma humilde e sem orgulho 2c) consolar, encorajar e fortalecer pela consolação, confortar 2c1) receber consolação, ser confortado 2d) encorajar, fortalecer 2e) exortando, confortando e encorajando 2f) instruir, ensinar

2 Coríntios 1.5 (Porque, assim como os sofrimentos de Cristo se manifestam em grande medida a nosso favor, assim também a nossa consolação <3874> transborda por meio de Cristo).
Cristo é o executor da nossa salvação na cruz do calvário e é Dele que vem o nosso alívio, esse não é resumido, suprimido ou oferecido em porção limitada, pois observe que a consolação transborda, ou seja, é mais do que a medida cabível. Como poderia de um tão singular sofrimento surgir uma grande medida de favor, mas é assim mesmo que se procede, pelo sofrimento de Cristo fomos sarados (cf. Isaías 53.5).
2 Coríntios 1.6 (Mas, se somos atribulados, é para o vosso conforto <3874> e salvação; se somos confortados <3870>, é também para o vosso conforto <3874> , o qual se torna eficaz , suportando vós com paciência os mesmos sofrimentos que nós também padecemos).
Para Paulo sua tribulação motivada pelo amor as almas ou seu conforto geraria para os coríntios, conforto, no entanto, esse consolo seria eficiente se os Coríntios com paciência sofresse as mesmas aflições do apóstolo, havendo assim uma reciprocidade de sentimentos (cf. Romanos 12.15). Se o apóstolo fosse atribulado ele conseguiria extrair alguma experiência ou lição de vida para consolar àqueles que porventura viesse a passar pelo mesmo pesar; no entanto, se ele fosse consolado esta consolação serviria de modelo para consolar outras pessoas.
2 Coríntios 1.7 (A nossa esperança a respeito de vós está firme, sabendo que, como sois participantes dos sofrimentos, assim o sereis da consolação <3874> ).
Aqui o doutor Paulo está seguro em relação ao futuro dos Coríntios, tendo a certeza de que se com Ele morremos, com Ele também seremos vivificados (cf. 1 Timóteo 2.11). Em outras palavras o apóstolo afirma que o Eterno é soberano para permitir que passemos por aflições, muito mais para nos conceder o alento que a nossa alma necessita.
Romanos 15.4 (Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança).
Um outro meio de Deus nos consolar é através das Escrituras Sagradas!