domingo, 31 de julho de 2011

A EFICÁCIA DO TESTEMUNHO CRISTÃO

SUBSÍDIO PARA A 6ª LIÇÃO DA E.B.D DO 3º TRIMESTRE DE 2011 - CPAD

A EFICÁCIA DO TESTEMUNHO CRISTÃO

O Batismo com o Espírito Santo habilita o crente a ser testemunha de Cristo fora de sua esfera de atuação (At 1.8). Não vou entrar em detalhes sobre o Batismo, porém, observe que ao aceitarmos a Cristo, O Espírito vem habitar em nós (cf. Mt 12.43-45; Jo 14.16,17). Essa divina presença no nosso ser serve ainda como meio probatório (presenciar ou ver algum fato), no entanto, "Disse-lhe Jesus: ...; bem-aventurados os que não viram e creram" (Jo 20.29). O Santo Espírito acompanhou todo o ministério de Jesus, o mesmo faz de nós, testemunhas fiéis, como se estivéssemos presenciado tudo!

Para ser testemunha, alguém precisa participar ou visualizar algum acontecimento, caso contrário será enquadrado como falsa testemunha (Êx 20.16). Para testemunhar ousadamente o crente precisa de provas concretas. É surpreendente sermos testemunhas de Cristo por intermédio do Espírito Santo! Não há como negar, sentimos na alma, cremos em Jesus, nossa esperança está firmada N'Ele, nada nos abalará, temos a certeza de que Jesus é o Salvador!

O testemunho se efetiva (termina) quando o Pai é glorificado (Mt 5.16). Trata-se de um testemunho a base de Sal e Luz (Se preservar na claridade até chegar no Ceú, pois o mundo é obscuro! Corpo e mente são envolvidos no testemunho cristão. Se o mundo jaz no maligno, os cristãos, a "Exceção". Somos considerados astros iluminados, não temos luz própria, somos iluminados por Jesus, "a resplandecente estrela da manhã" (Ap 22.16). Aquele que traz à luz suas obras é porque são feitas em Deus! (Jo 3.21).

Portanto, não é preciso necessariamente ir à outro país para ser testemunha, aqui mesmo há pessoas que ainda não ouviram ou ouviram pouco sobre Jesus! Só iremos convencer alguém para Cristo se tivermos convictos de que aquilo que pregamos e vivemos é a razão da nossa esperança! (Cf. 1 Pe 3.15).

Nenhum comentário:

Postar um comentário