terça-feira, 13 de setembro de 2011

A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ

Esta é uma lição puramente teológica, tendo como fundamento a teologia sistemática, pois trata do estudo, pesquisa e ensino das principais doutrina bíblicas.

Podemos extrair do título da lição a grande diferença que há entre costume e doutrina, pois aquele trata da cultura local que varia de lugar para lugar e geralmente vai de encontro à Palavra de Deus, esta faz alusão à universalidade, que é imutável e foi estabelecida pelo próprio Deus, enfim, a Doutrina Cristã é completa, perfeita e acabada, não há mais o que incluir no compêndio sagrado, portanto, o Cânon Sagrado começa com o gênesis e termina com o apocalipse, e nesse panorâma estão inseridos os mais variados princípios básicos que a Igreja Cristã necessita.

Texto Áureo

"Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra". (2 Tm 3.16,17)

Há duas finalidades para a aplicabilidade da Escritura Sagrada a primeira faz referência a expressão perfeito que quer dizer experimentado, vivido, experiente, e a segunda alude à expressão perfeitamente instruído que em outras palavras diz conhecedor das principais doutrinas bíblicas.

Leitura Bíblica em Classe

"Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido, e que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra... Tu, porém, fala o que convém à sã doutrina... Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina mostra incorrupção, gravidade, sinceridade,... Não defraudando, antes mostrando toda a boa lealdade, para que em tudo sejam ornamento da doutrina de Deus, nosso Salvador". (2 Tm 3.14-17; Tt 2.1,7,10).

O verbo permanece traz como característica a permanência e a constante praticidade do conteúdo bíblico; tendo como origem o aprendizado de alguém com credenciais e prerrogativas cristãs.

"Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele". (Pv 22.6). Eis aí um jovem que aprendeu logo cedo a sã doutrina, Timóteo privilegiado em conhecer bem moço a Palavra de Deus. Tal aprendizado dificulta o esquecimento!

"Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem". (1 Tm 4.16). O apóstolo Paulo procurou enfatizar a consistência de Timóteo em seguir e cumprir a doutrina sagrada, pois o efeito seria a salvação de quem ele pudesse alcançar na evangelização e pela sua maneira de se portar.

O obreiro basicamente está para falar da sã doutrina, assim como, os espectadores estão para ouvir a doutrina e não estórias, lendas ou mitos, pelo contrário, o povo deseja alimento sólido, palavras temperadas com sal (A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um. Cl 4.6), ora cajado, ora azeite, misturados com amor e exortação.

Para que a doutrina seja percebida é necessário dar exemplo (praticar a sua teoria). "A palavra atrai e o exemplo convence" Cid Moreira.

Doutrina Cristã: Complexo de princípios estabelecidos por Deus que regem a conduta da Igreja de Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário